O que é Forex? 

O Forex é uma modalidade de investimento diferente da bolsa de valores, mas com algumas semelhanças. Você sabe o que é Forex?
Oliver Imhof

Oliver Imhof

Publicado em: 17/02/2022

Aqueles que procuram investir no Forex vão entrar em um mercado especulativo onde os investidores fazem transações de moedas.

As operações acontecem em pares de moedas, sendo que o spread é pequeno.
Portanto, estamos tratando de um mercado alavancado que pode render ótimos
lucros com pouco dinheiro, ou perdas relevantes com pouca volatilidade.  Se você está interessado em conhecer mais sobre o Forex, acompanhe o nosso artigo.

Definição do Forex

Forex é uma abreviação para Foreign Exchange Market, ou em português: mercado e câmbio. Como já mencionado, ao entrar no mercado de Forex o investidor vai operar moedas.

Diferente do que acontece com o mercado futuro no Brasil, onde os investidores compram contratos de dólar, no Forex o investidor deve investir em pares de moedas.  

Por exemplo; ao invés de comprar dólar, o investidor terá que comprar um par de moedas onde o dólar seja uma das moedas. Nesse caso há diversos pares, como dólar e euro, dólar e libra esterlina, dólar e Yuan, e assim por diante.

Ao adquirir o par de moedas, o investidor estará adquirindo uma moeda base e outra cotada. Vamos fazer o seguinte exemplo; o investidor espera que a libra venha a se valorizar frente ao dólar. Em uma situação assim, a ordem dos pares fica dessa forma: GBP/USD.

Com a expectativa que a libra se valorize sobre o dólar, a moeda base é a libra e a cotada é o dólar.

Como operar no Forex?

O Forex é um mercado alavancando, assim, o investidor não vai comprar ações, ETF ou fundos imobiliários, por exemplo.

Os ativos negociados no Forex são pares de moedas, sendo que para se posicionar em tais pares, o investidor precisa de recursos na conta a título de margem.

Essa margem serve para financiar suas operações, caso elas não gerem resultados positivos. A alavancagem dentro do Forex pode ser bem alta, principalmente quando comparado ao mercado nacional.

Algumas corretoras oferecem a possibilidade de negociar contratos com alavancagem de até 1:3000.

Ou seja, o investidor pode depositar 10 dólares na conta que poderá operar contratos no valor de 30 mil dólares.

Ao considerar esses números o negócio parece extremamente interessante, mas talvez não seja. Com uma posição de 30 mil dólares, qualquer leve movimentação negativa no par de moedas que o investidor detém, pode ser o suficiente para zerar a posição de 10 dólares e encerrar o Trade.

Como o mercado de Forex é volátil, uma vez que estamos tratando de um mercado gigantesco, onde mais de trilhões de dólares são negociados diariamente, as movimentações são rápidas e podem ir para qualquer sentido.

Desse modo, mesmo com a possibilidade de operar pouco dinheiro, os riscos envolvendo o Forex são relevantes e não podem ser negligenciados.

Onde operar Forex?

Para acessar o mercado de Forex o investidor deverá abrir uma conta em uma corretora especializada no segmento.

No Brasil o Forex ainda não é regulado e, portanto, não possui suporte das corretoras nacionais. Assim, se você tem conta na XP Investimentos, BTG Pactual, Nu Invest entre outras, não será possível operar Forex por meio delas.

A abertura em uma corretora do exterior também não é muito difícil. O investidor só deverá ficar atento à segurança que tal instituição oferece e os custos envolvidos, tanto nas operações quanto na transferência dos valores.

Vantagens do Forex

Uma das principais vantagens do Forex está vinculada a possibilidade de ganhos elevados com baixo custo.

Como estamos tratando de um mercado muito alavancado, poucos montantes de recursos são o suficiente para sustentar uma operação.

Sendo que os contratos de Forex podem envolver dezenas de milhares de dólares, fato que a menor volatilidade, já seria suficiente para render ótimos
ganhos ao investidor.

Vale destacar que através da análise técnica e especulativa, o investidor teria boas condições de conseguir ótimos resultados no Forex.

Desvantagens do Forex

Por se tratar de um mercado que não é regulado no Brasil, não há instituições brasileiras e reguladas pelo Banco Central que ofereçam o Forex.

Assim, os riscos de abrir uma conta no exterior junto a uma instituição que não seja segura, são grandes.

Observando isso, uma das grandes desvantagens do mercado de Forex é a falta de regulação. Outro ponto está relacionado à alavancagem.

Da mesma forma que há grandes chances de fazer muito dinheiro com poucas operações no Forex, o investidor também pode perder muito dinheiro. Ao menos,
perder todo valor da margem.

A volatilidade no mercado de câmbio por vezes é grande e isso pode exigir que a alavancagem não seja agressiva e que haja mais dinheiro na margem, a fim de não encerrar a operação com “pequenas desvalorizações”.

Isso vai exigir o empenho de mais dinheiro, mas não significa que os lucros serão certos. Na verdade, a operação pode continuar dando errado, mas vai consumir mais dinheiro até ser encerrada, por exemplo.

Conclusão

O Forex é um mercado extremamente grande que movimenta trilhões de dólares todos os dias. Por se tratar de um mercado que funciona cinco dias por semana, 24 horas, o Forex oferece grandes chances de operar a qualquer momento em qualquer lugar.

Os problemas do Forex estão atrelados à falta de regulação por parte dos órgãos competentes aqui no Brasil, além dos riscos de investir em operações alavancadas.

Mesmo tendo grandes chances de fazer muito dinheiro colocando poucos valores a título de margem, o investidor também corre riscos elevados de perder todos os recursos.

Como no Forex a moeda de negociação normalmente é o dólar, a margem pode ser cara para os brasileiros.

Em resumo, o Forex é uma ótima forma de fazer dinheiro com operações bem desenvolvidas e com bom planejamento de risco. Para aqueles que buscam dinheiro “fácil” sem muita dedicação, o Forex pode gerar perdas relevantes. 


Este conteúdo faz parte da missão da Felix na Bolsa de facilitar a vida dos investidores. Clique aqui para conhecer a nossa plataforma.

© 2022 Felix na Bolsa