O que são tokens e criptomoedas?

Com a crescente procura por ativos digitais, como os tokens e as criptomoedas, dúvidas vão surgindo sobre tal mercado.
Oliver Imhof

Oliver Imhof

Publicado em: 20/02/2022

Atualmente os ativos digitais já estão bem consolidados no mercado, havendo até fundos de investimento focados em criptomoedas. Mas token o que é? Existe token criptomoeda, ou são dois ativos diferentes?

Se você tem dúvidas acerca dos tokens e criptomoedas, acompanhe o nosso artigo para conhecer mais sobre esses dois ativos digitais.

O que são tokens?

Antes de qualquer coisa é importante destacar que tokens não são criptomoedas, mas sim uma derivação delas.

Ou seja, existem tokens que são feitos por estruturas de criptomoedas. Portanto, os tokens podem ser derivados de estruturas referentes ao Ethereum, Neo ou Waves, por exemplo.

Há também a possibilidade de um token ter um valor equivalente a uma determinada quantidade de criptomoedas, como um token pode ter um valor de 10
bitcoins, ou 5 Litecoins e assim por diante.

Mas que um token é uma criptomoeda, ou vice e versa isso não é correto. Os tokens tem uma função bem interessante de transformar ativos reais em ativos
digitais.

Por exemplo: vamos supor que uma pessoa quer transformar o valor de um imóvel em tokens. Para isso a pessoa faz a avaliação do imóvel e determina que o valor do mesmo é de R$ 100.000,00.

Então, a pessoa transforma esses R$ 100.000,00 em 100.000,00 tokens e disponibiliza os mesmos online. As pessoas que gostariam de ter uma participação neste imóvel podem comprar os tokens e assim conquistar um pedaço dele.

Sendo que tokenização pode acontecer com diferentes tipos de ativo ou negócios, como por exemplo:

  • Precatórios;
  • Metais preciosos;
  • Propriedades intelectuais;
  • Ativos intangíveis, como os NFPs;
  • Fundos de investimento;
  • Títulos;
  • Ações.

O que são Criptomoedas?

A criptomoeda é o ativo digital mais conhecido no mercado e o mais antigo. Antes de surgir os tokens até mesmo os NFTs, as criptomoedas deram o início à era digital dos investimentos.

As criptomoedas nada mais são do que a representação do dinheiro. Hoje há centenas e milhares de criptomoedas no mercado.

Algumas das mais famosas são o Bitcoin, Litecoin e Ethereum. Dentre essas três, o Ethereum possui uma estrutura que oferece suporte para construção de tokens.

Praticamente todas as criptomoedas possuem estruturas descentralizadas, onde o blockchain funciona como uma espécie de base para o funcionamento.

O blockchain é uma estrutura relevante para o funcionamento das criptomoedas, é nele que é armazenado os registros das transferências das criptomoedas entre os usuários.

Sendo que esse registro é feito pelos próprios usuários do sistema através do processo descrito como “mineração”.

Portanto, o sistema das criptomoedas, por vezes é descentralizado e integra todos os usuários. Tanto aqueles que procuram negociar ou manter as criptomoedas, quanto aqueles que buscam remuneração ao realizar o registro das transações no blockchains.

Vantagens e desvantagens dos tokens

Vantagens

Os tokens são uma forma inteligente de negociar determinados ativos no mercado, como é o caso dos precatórios.

Hoje existem algumas plataformas de investimento que oferecem os tokens de precatórios como uma forma de investimento.

Assim, um precatório, ou vários, são adquiridos e transformados em tokens. O token representa uma proporção do precatório e os investidores podem adquirir o mesmo e receber, de forma proporcional, os ganhos gerados pela liquidação do precatório.

Se antes os ganhos com precatórios ficaram junto a um seleto grupo da sociedade, hoje, isso já não é mais uma realidade. Atualmente a tokens de precatórios sendo negociados a preços próximos a R$ 100,00, se tornando um investimento bem acessível.

Desvantagens

O mercado de tokens vem ganhando mais adeptos e mais instituições, porém ainda não tem força similar ou próxima ao mercado de ações.

Inclusive quando o assunto é regulação. Observando isso, fica claro que há dúvidas e riscos referentes ao investimento em tokens.

Atualmente a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) já possui certo entendimento a respeito de cripto ativos e tokens no geral. Sendo que hoje já existem fundos de investimento e até ETFs que investem em cripto ativos e são brasileiros. Portanto, o investimento em tais ativos já vem sendo liberado.

Por exemplo, o investidor dificilmente verá XP Investimentos, Nu Invest ou o BTG Pactual vendendo tokens de ativos. Por enquanto a entrada desses ativos ainda é tímida no mercado.

Vantagens e desvantagens das criptomoedas

Vantagens

Hoje é difícil encontrar um ativo que possa gerar tantos ganhos como uma
criptomoeda. Mesmo o Bitcoin que já existe a anos, ainda hoje vem conseguindo
gerar ótimos retornos aos seus investidores.

Em 2021 o Bitcoin valorizou 59% aproximadamente. Outra criptomoeda que gerou ótimos retornos foi o Ethereum. Só em 2021 o Ethereum ganhou 420% em valor! É muita coisa.

Um investidor que comprou R$ 100.000,00 em Ethereum, bem no início de 2021, teria ao final do ano, praticamente R$ 400.000,00!

Desvantagens

Da mesma forma que as criptomoedas podem render verdadeiras fortunas aos seus investidores, elas podem registrar elevadas perdas.

O problema fica por conta de avaliar as condições de investimento. Por se tratar de um ativo extremamente volátil, é difícil enxergar o melhor momento de comprar ou vender.

Se em 2021 as criptomoedas renderam bastante, em 2022 o desempenho não é o mesmo. O Bitcoin vem desvalorizando em 25%, já o Ethereum vem perdendo 34%.

Conclusão

Tanto as criptomoedas quanto os tokens tem muito mercado para ganhar. Hoje o domínio ainda é dos ativos financeiros, como as ações, fundos imobiliários, ETF, fundos de investimento e produtos de renda fixa, mas as criptomoedas e tokens digitais vêm ganhando o mercado.

Com a quantidade maior de investidores comprando os ativos digitais, a CVM e demais órgãos regulatórios, provavelmente vão trazer mais parâmetros e regulações para o ambiente, permitindo a entrada de grandes instituições nesse
novo ambiente de investimentos. 


Este conteúdo faz parte da missão da Felix na Bolsa de facilitar a vida dos investidores. Clique aqui para conhecer a nossa plataforma.

© 2022 Felix na Bolsa