A bolsa de valores vem atraindo cada vez mais investidores

Nos últimos anos, a bolsa de valores vem atraindo muitos investidores. Em especial, o mercado de ações vem chamando atenção.
Oliver Imhof

Oliver Imhof

Publicado em: 09/06/2022

O crescimento dos investidores, tanto pessoa física quanto jurídica, chama atenção do mercado e vem mostrando a necessidade de que haja suporte para todos esses novos investidores.

Tanto na questão didática, de como investir, até na parte contábil, como declarar o imposto de renda daqueles que investem em ações, ou de como recolher imposto de renda em operações com lucro.

Até mesmo os prejuízos no mercado de ações devem ser controlados para que o investidor possa se utilizar dos benefícios fiscais.

Você quer saber mais sobre porque a bolsa de valores vem atraindo cada vez mais investidores? Acompanhe o nosso artigo.

5 milhões de investidores

Segundo os próprios dados da B3 (bolsa de valores brasileira), já existem mais de cinco milhões de pessoas físicas cadastradas na B3 e investindo em algum ativo de renda variável. Desde ações, fundos imobiliários, BDR e até ETF.

Esse último registro de investidores cadastrados na bolsa brasileira foi divulgado em fevereiro de 2022. Só para comparação, em setembro de 2020 a bolsa tinha pouco menos de 3 milhões de investidores cadastrados.

Ou seja, em aproximadamente 18 meses houve um crescimento de mais de 2 milhões de investidores cadastrados na bolsa.

Isso é muita coisa. Sendo que os cinco milhões de investidores ainda representam uma quantidade pequena de investidores, quando olhamos a população brasileira.

Hoje existem 212 milhões de brasileiros, portanto, os cinco milhões de investidores representam 2,35% de investidores. Ainda é muito pouco comparado ao que outros países tem de investidores.

Portanto, podemos acreditar que esse crescimento atual, vai continuar por um bom tempo. Considerando a entrada de milhões e milhões de brasileiros dentro da bolsa de valores, há muito trabalho para ser feito.

Desde serviços vinculados a análise, corsos e assessoria de investimento, até o auxílio com a tributação envolvendo os lucros e prejuízos com ações.

Investidores e a tributação

O mercado de renda variável é complexo e sua tributação também. Se para muitos investidores já é difícil compreender sobre margem líquida, retornos sobre o patrimônio líquido, preço da ação dividido pelo lucro por ação e demais indicadores, imagina fazer os cálculos e emissão de guias para imposto de renda?

O investidor poderia simplesmente ler os materiais que a própria receita federal disponibiliza sobre como tributar seus lucros, não é verdade?

Mas as leis e as regras são demasiadamente complexas e possuem linguagem de difícil compreensão, às vezes até coloquial.

Assim, resta ao contribuinte buscar orientação em blogs e artigos sobre: como recolher o imposto de renda sobre as operações da bolsa de valores.

O problema aqui é que os investidores que não estão familiarizados com a tributação, o investimento em ações e o recolhimento de imposto não vão se sentir seguros em fazer tudo por conta.

Por isso, é preciso contar com um auxílio ou assessoria a respeito da tributação. Nesse momento, contadores e calculadoras de imposto de renda podem ajudar muitos aqueles que já investem e os novos investidores.

Calculadoras de IR

Uma forma de facilitar a vida dos investidores é por meio da calculadora de IR. Tanto os investidores quanto as contabilidades, podem fazer aquisição de uma calculadora de IR.

A grande vantagem por traz das calculadoras está baseada na confiabilidade do programa, além da segurança que a empresa fornecedora dá aos seus clientes.

Atualmente ainda existem muitos investidores que se utilizam de planilhas para fazer o controle de suas operações dos ganhos e prejuízos.

Não há nada de errado em fazer isso, mas o trabalho acaba se tornando maior e os erros podem acontecer.

Com uma boa calculadora de IR, o investidor terá mais praticidade, rapidez e confiabilidade na hora de tributar seus ganhos. Inclusive, a calculadora já considera diversas regras que são vistas no mercado de ações, como por exemplo:

Ainda existem mais regras e controles que são desenvolvidos pelas calculadoras de IR. Uma boa calculadora é o da Felix na Bolsa.

Através da plataforma, o cliente pode calcular o seu IR, fazer o controle dos seus investimentos, além de contar com relatório próprio para a confecção da declaração de ajuste anual do imposto de renda.

Vale destacar que a plataforma da Felix na Bolsa também pode ser utilizada por contadores. Com o suporte da Felix na Bolsa, o cálculo de IR sobre as operações dos investidores fica mais prático e ágil.

Como uma contabilidade por vezes precisa se dedicar a diversas declarações acessórias, além da própria contabilidade, a calculadora de IR da Felix na Bolsa vem para agilizar os preços, reduzir os custos e gerar performance.

Conclusão

Um dos grandes erros dos investidores pessoa física e jurídica dentro da bolsa de valores está relacionado a não tributar os seus ganhos, ou erra na forma de tributação.

Você sabia que para recolher imposto de renda sobre ganhos de empresas e pessoas físicas existem códigos diferentes? Ou até mesmo a diferença entre os lucros de operações de Day Trade e Swing Trade, você sabe qual é diferença?

Para alguns investidores essas diferenças são fáceis de serem notadas, mas para grande parte dos novos investidores, o mundo da tributação é complexo e novo.

Para evitar cometer erros e aproveitar todas as oportunidades que a bolsa de valores tem a oferecer, nada melhor do que contratar uma calculadora de IR, ou um bom contador.


Este conteúdo faz parte da missão da Felix na Bolsa de facilitar a vida dos investidores. Clique aqui para conhecer a nossa plataforma.

© 2022 Felix na Bolsa